Na abertura do evento a Prof. Dra. Loriza Lacerda de Almeida, representando a Reitoria da UNESP, destacou a relevância de encontros da mesma natureza. Chamou a atenção, também, para a produção acadêmica relacionada à extensão universitária com o intuito de aumentar o fluxo de financiamento e o volume de publicações. Neste sentido, lembrou que a Revista de Extensão da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da Unesp está aberta à recepção de artigos da área de dança.

O Prof. Dr. João Cardoso Palma Filho, Diretor do Instituto de Artes, reconheceu o esforço pioneiro da Profa. Kathya Godoy, coordenadora do evento, em desenvolver a área de Dança no IA-UNESP. Reforçou as colocações da Profa. Loriza sobre a pesquisa de qualidade subsidiando a extensão e o ensino de qualidade.

Finalizando a sessão de abertura, houve a apresentação muscial do Grupo Óctrombada, composto por alunos e ex-alunos do IA-Unesp, precedida pelas palavras da Profa. Dra. Kathya Maria Ayres de Godoy, que em breve a apresentação mostrou a evolução dos acontecimentos que deram origem ao ENGRUPEDança, começando pelo Unidança, evento de extensão universitária, o II Unidança, que adicionou relatos de instituições pauistas que trabalham com dana e indicou a demanda de ênfase à pesquisa, mesmo na extensão e no ensino, conforme comentou o Professor Palma. Acenou aos participantes a possibilidade de realização de projetos interinstitucionais, uma vez que, internamente, o Grupo de Pesquisa o qual coordena desempenha suas atividades em forte integração entre estudantes, profissionais de dança e áreas afins, desde a iniciação científica ao pós-doutoramento.